Seleção feminina estreia com vitória de 4 x 0 contra Panamá e Ary Borges dá show dentro e fora do campo

Publicado em:

24/07/2023

Ary Borges marcou 3 gols na estreia na Copa e marcou um golaço quando defendeu suas convições
Ary Borges marcou 3 gols na estreia da Copa e um golaço quando defendeu suas convicções (FOTO Rep./Twitter)

Ary Borges faz 3 gols contra o Panamá

Ariadina Alves Borges, a Ary Borges que o Brasil conheceu hoje, foi o grande destaque na vitória por 4 x 0 do Brasil contra o Panamá. Um começo com o pé direito para Ary e para a seleção feminina.

O pai e o tio de Ary não fazem parte do grupo de pessoas que acha que futebol é jogo de homem e conseguiram ver o potencial da atleta quando ela tinha apenas 11 anos. E ela reconhece o apoio que teve.

Ary morou a vida inteira com a avó em São Luís, no Maranhão, mas quando foi morar com os pais em São Paulo, começou sua aproximação com o futebol:

“Meu pai foi a figura mais importante na minha carreira, porque ele foi atrás para eu começar a jogar com os meninos. Ele me apoiou e fez de tudo pra eu poder buscar meus sonhos”, contou Ary num artigo no portal UOL.

Família de Ary se emociona com os 3 gols da jogadora na estreia da seleção brasileira
Família de Ary se emociona com os 3 gols da jogadora na estreia da seleção brasileira (FOTO Rep./Globoplay)

A mulher Ariadina fala o que pensa

A jogadora Ary é discreta quanto à sua vida pessoal mas, em alguns instantes, a mulher Arialdina assume o comando com opiniões fortes.

Os exemplos recentes dessas opiniões são a contratação de Cuca como técnico do Corinthians e o caso de racismo na Espanha contra Vini Júnior.

O primeiro caso foi quando o técnico Cuca pediu demissão do Corinthians, após o assunto da acusação de estupro contra uma jovem de 13 anos na Suíça vir à tona.

Ary se posicionou como mulher, ficando “incrédula quando os jogadores do clube paulista correram até o treinador para abraçá-lo após a vitória sobre o Remo nos pênaltis”.

No segundo caso, aquele do racismo, que acontece de forma repetitiva contra Vini Júnior na Espanha, Ary não deixou barato:

Sou mulher, negra, nordestina. A consciência social é muito natural para mim. É meu estado físico puro.” disse a jogadora, revoltada, em defesa de Vini.

Discrição da Jogadora

Os três gols que marcou hoje, talvez mudassem a postura de Ary, mas isso é pouco provável. A atleta sempre foi discreta e deve continuar agindo da mesma forma.

Ary Borges comemora os 3 gols que marcou para o Brasil em estreia na Copa
Ary Borges comemora os 3 gols que marcou para o Brasil em estreia na Copa (FOTO Rep./Instagram )

A discrição de Ary quanto a sua vida pessoal pode incomodar muita gente, mas ela não tá nem aí e fica na sua:

“Não vou falar só sobre pautas que falam sobre o que eu sou, porque aí também é ser muito hipócrita”.

Mas, Ary aparece segurando a bandeira LGBT com um sorriso no rosto. e é uma das vozes mais ativas da seleção na luta por igualdade de gênero e mais chances para mulheres no futebol:

“Quero algo mais abrangente para a modalidade e não por algum tipo de interesse específico”.

Ary atua hoje no Racing Louisville, dos Estados Unidos, onde vive uma realidade completamente diferente do que viveria se estivesse atuando no Brasil:

“Vejo que aqui é uma liga (NWSL) muito bem organizada. Para isso acontecer no Brasil, a gente precisa de uma entidade muito mais forte e interessada em cuidar do futebol feminino”.

Veja mais artigos sobre mulheres e futebol na Gazeta da Fama.

Compartilhe:

Você também vai gostar

Joana Sanz e Daniel Alves estavam juntos há 8 anos, com a condenação por estupro o que vai acontecer com o casamento?

Mulher de Daniel Alves desabafa após condenação do jogador, amor e coração ferido

Luana Piovani, acompanhada das apresentadoras do Podcasr PodDelas, conta sobre assédio de diretor da Globo

Luana Piovani relata episódio de assédio envolvendo diretor da Globo

Xuxa fez uma homenagem ao Davi do BBB 24, usando uma camiseta com "Calma Calabreso"

Calma Calabreso! Xuxa arrasa no navio e faz homenagem a Davi do BBB 24

Rolar para cima