Luisa Sonza foi traída por Chico num banheiro sujo de um bar: “É uma dor impossível de explicar”

Publicado em:

20/09/2023

Luiza Sonza e Ana Maria Braga no "Mais Você", a cantora fala da dor da traição de Chico
Luiza Sonza e Ana Maria Braga no "Mais Você", a cantora fala da dor da traição de Chico (FOTO Rep./Instagram)

Luiza Sonza foi ao Mais Você e desabafou com Ana Maria Braga, sofrida, traída e perdida:

“Eu tô aqui

sem rumo

travada e perdida

hoje me deu medo da vida”

Luisa no Mais Você fala sobre traição

A cantora revelou em uma entrevista emocionante no programa Mais Você que foi traída por seu namorado, Chico Veiga.

O término do relacionamento, que durou quatro meses, veio à tona após rumores de uma crise entre o casal.

Luisa, em um momento de desabafo, leu um texto onde afirmou ter sido traída em um banheiro sujo de um bar, descrevendo a traição:

“Uma dor impossível de explicar”.

Luisa está arrependida da música “Chico”?

A relação entre Luisa e Chico ficou marcada pela música “Chico”, uma declaração de amor da cantora.

Numa entrevista recente à revista Vogue, Sonza se perguntou se valeu a pena dedicar a canção ao seu amado. Talvez se pensasse racionalmente, pudesse destinar seu afeto e amor de melhor forma .

Ela enfatizou que a música, antes de ser sobre qualquer outra pessoa, era sobre ela e seus sentimentos.

Luisa no Mais Você "Hoje eu te dou um adeus por mim e por todas nós". Chico já era
Luisa no Mais Você “Hoje eu te dou um adeus por mim e por todas nós”. Chico já era! (FOTO Rep./Instagram)

Luisa, Chico e monogamia

A dor de Luisa traída é profunda e real.

Ninguém melhor do que Fernando Pessoa para explicar a dor que um poeta sente:

“O poeta é um sonhador, sonha tão completamente, que finge ser dor, a dor que deveras sente”.

Daqui por diante, ao cantar “Chico”, a poeta Luisa fingirá ser dor, a dor que de fato está sentindo.

Na música “Chico” Luisa diz que monogamia é, para ela uma honra e que não se importa de ser taxada de cafona.

“Diziam pra mim que essa moda passou
Que monogamia é papo de doido
Mas pra mim é uma honra
Ser uma cafona pra esse povo”

Dá para imaginar a dor ao saber que o companheiro achou que a monogamia é papo de doido e que esta moda passou?

Luisa sobre monogamia: Papo de doida? Não! Para ela é uma honra mesmo chamada de cafona
Luisa sobre monogamia: Papo de doida? Não! Para ela é uma honra, mesmo chamada de cafona (FOTO Rep./Instagram)

Luisa usa a emoção para compor e cantar

A traição, embora dolorosa, pode ser uma fonte de inspiração para artistas como Luisa.

A emoção nua e crua podem aparecer em sua música, e permitir uma conexão mais profunda com seus fãs.

A dor e a tristeza, colocadas na letras das músicas, podem servir como terapia tanto para o artista quanto para o público.

E, como Luisa demonstra, mesmo nos momentos mais difíceis, ela abre sua emoção e seu coração e compartilhando sua caminhos com o mundo.

Veja postagem sobre “Escândalo Íntimo” de Luiza na Gazeta da Fama.

Compartilhe:

Você também vai gostar

Tentativa de impedir Roberto Cabrini de gravar matéria sobre exploração de crianças em Marajó

Exploração sexual de crianças em Marajó: Tentaram impedir reportagem de Roberto Cabrini para o Domingo Espetacular

Joana Sanz e Daniel Alves estavam juntos há 8 anos, com a condenação por estupro o que vai acontecer com o casamento?

Mulher de Daniel Alves desabafa após condenação do jogador, amor e coração ferido

Luana Piovani, acompanhada das apresentadoras do Podcasr PodDelas, conta sobre assédio de diretor da Globo

Luana Piovani relata episódio de assédio envolvendo diretor da Globo

Rolar para cima