A elegância de Seu Jorge ao falar dos deselegantes ataques racistas

Publicado em:

21/10/2022

Seu Jorge num show no Grêmio Náutico, em Porto Alegre. Chamado de macaco quando disse ser contra a redução maioridade penal
Racismo em clube de Porto alegre, não dá em nada. Polícia não identificou racistas(FOTO Wikipedia/Marcelo Teson)

Seu Jorge vitima de racismo, tratado como criminoso

Durante um show no Clube Grêmio Náutico União em Porto Alegre, se mostrou contrário a REDUÇÃO da MAIORIDADE PENAL.

Foi então chamado de “vagabundo” e “safado”, segundo publicações na internet.

Seu Jorge vítima de racismo. havendo inclusive pessoas do público que fizeram imitação de macacos, quando ele voltou ao palco.

No instagram, sempre com sua elegância habitual, ele fala da bandeira do Rio Grande do Sul que tem as palavras LIBERDADE, IGUALDADE e HUMANIDADE.

Disse também que é fã de maior cantora brasileira de todos os tempo que é gaúcha :- Elis Regina.

Então depois de toda a elegância com que Seu Jorge tratou o caso. Ficou o dito por não dito. A polícia concluiu que:

  • Dois meses depois do crime de racismo ter ocorrido, as investigações confirmaram que o artista foi alvo de ofensas raciais.
  • O crime conta Seu Jorge vítima de racismo, não puderam ser identificados.
Seu Jorge respondeu com elegância quando foi chamado de macaco num show no Grêmio Náutico, em Porto Alegre
Seu Jorge respondeu com elegância quando chamado de macaco num show em Porto Alegre (FOTO Rep/ Renan Katayama)

Como em muitos outros casos a vítima virou o criminoso.

Veja o desabafo do Seu Jorge clicando neste link.

Já o presidente do clube, Paulo José Kolberg Bing, declarou que:

  • O artista fez um “gesto político“, e o público se sentiu “ultrajado“.
  • Ficou chocado” com a roupa de Seu Jorge, o que considerou “falta de respeito dele para com o público“.

Veja mais sobre Seu Jorge clicando aqui.

Compartilhe:

Você também vai gostar

Tentativa de impedir Roberto Cabrini de gravar matéria sobre exploração de crianças em Marajó

Exploração sexual de crianças em Marajó: Tentaram impedir reportagem de Roberto Cabrini para o Domingo Espetacular

Joana Sanz e Daniel Alves estavam juntos há 8 anos, com a condenação por estupro o que vai acontecer com o casamento?

Mulher de Daniel Alves desabafa após condenação do jogador, amor e coração ferido

Luana Piovani, acompanhada das apresentadoras do Podcasr PodDelas, conta sobre assédio de diretor da Globo

Luana Piovani relata episódio de assédio envolvendo diretor da Globo

Rolar para cima