Karina Barbieri, namorada de Seu Jorge, posa orgulhosa da gravidez. Escolhido o nome do filho, Samba, muita treta para conseguir registrar em cartório

Publicado em:

27/01/2023

Karina Barbieri grávida, esperando um filho de Seu Jorge. O nome escolhido do bebê, Samba, deu treta na hora do registro
Karina Barbieri, namorada de Seu Jorge (Foto: Reprodução/Instagram)

Nasceu Samba, filho de Karina Barbieri (terapeuta) e Seu Jorge.

Primeiro filho de Karina, ela curtiu cada momento da gravidez: “A vida é mágica. Não há um dia sequer que eu não me espante com o fato de estar carregando um ser humano, nunca falei tão serio. Me olho no espelho e reconheço o divino em mim. Me sinto bonita. Uma força da natureza. É uma jornada mística, profunda, intensa e transformadora”.

Para Seu Jorge, Samba é o primeiro filho homem. Ele é pai de três moças, Maria, Luz Bella e Flor de Maria.

Seu Jorge teve 3 filhas em 2 casamentos., Flor Maria, Luz Bella (com Marina Jorge) e Maria Aimée (com Fernanda Mesquita).
3 filhas de Seu Jorge., Flor Maria, Luz Bella e Maria Aimée (Foto Reprodução / Instagram)

As letras das músicas de Seu Jorge encantam pela poesia e, ao escolher o nome das filhas, seu lado poeta foi crescendo. Assim Maria foi um nome comum, Luz Bella foi mais poético e Flor de Maria cheio de poesia.

Karina Barbieri e Seu Jorge tiveram,filho, Samba. Deu treta na hora do registro mas no fim Seu Jorge conseguiu registrar.
Seu Jorge conseguiu autorização para registrar filho com o nome Samba (Foto Reprodução/Instagram)

Ainda na gravidez Seu Jorge e a esposa decidiram pelo nome de Samba para o menino.

A treta surgiu quando foram fazer o registro e o cartório se recusou a registrar, se baseando na lei (registros públicos – 1973), que diz que não se devem registrar nomes que exponham a pessoa ao ridículo ou que possam gerar constrangimentos desnecessários.

Seu Jorge encarou a rejeição do cartório de forma construtiva. Da mesma forma que se portou com elegância no episódio de racismo no Rio Grande do Sul.

O cartório queria que um juiz autorizasse o registro. Seu Jorge então, através de seus advogados, apresentou as razões da escolha do nome, como preservação de vínculos africanos e de restauração cultural com suas origens.

O cartório então aceitou o registro e o bebê ganhou o nome escolhido por Seu Jorge.

Não é de hoje que pessoas enfrentam problemas para registrar nomes esdrúxulos. Pela lei, faz sentido proibir nomes como:

  • Lehgolaz (elfo no filme Senhor dos Anéis que o cartório não registrou) e
  • Abc Lopes. Bandeirante Brasileiro Paulistano. Dezêncio Feverêncio de Oitenta e Cinco. Durango Kid Paiva (nomes que foram registrados).

Nenhum dos nomes esquisitos acima trás a poesia dos nomes escolhidos por Seu Jorge para os filhos.

Chico Buarque, na música Olé, Olá falava de Samba:

“Não chore ainda não”
“Que eu tenho a impressão”
“Que o Samba vem aí”
“É um Samba tão imenso que eu às vezes penso”
“Que o próprio tempo vai parar pra ouvir”

Fruto do amor de Seu Jorge e Karina, que o menino Samba seja como o pai um artista fora de série. com um talento tão imenso, que as pessoas parem suas vidas para ouví-lo.

Seu Jorge e Carina Barbieri conseguem registras o Filho Samba, depois de treta no cartório.
Seu Jorge e esposa registram filho com o nome “Samba” depois de muita treta no cartório (Foto Rep./Instagram)

E você meu caro leitor, Daria um nome tão polêmico ao seu filho? O cantor foi corajoso ou inconsequente na escolha do nome?

Compartilhe:

Você também vai gostar

Joana Sanz e Daniel Alves estavam juntos há 8 anos, com a condenação por estupro o que vai acontecer com o casamento?

Mulher de Daniel Alves desabafa após condenação do jogador, amor e coração ferido

Luana Piovani, acompanhada das apresentadoras do Podcasr PodDelas, conta sobre assédio de diretor da Globo

Luana Piovani relata episódio de assédio envolvendo diretor da Globo

Xuxa fez uma homenagem ao Davi do BBB 24, usando uma camiseta com "Calma Calabreso"

Calma Calabreso! Xuxa arrasa no navio e faz homenagem a Davi do BBB 24

Rolar para cima