Globo leva mais de 8 horas para tomar uma atitude. MC e Sapato finalmente são expulsos. Por que a demora?

Publicado em:

17/03/2023

Tadeu Schmidt no BBB 23, comunica expulsão de MC Guimê e Cara de Sapato por assédio
MC Guimê e Cara de Sapato explusos do BBB 23 por assédio a Dalia, convidada mexicana (FOTO Rep. / Youtube)

MC e Sapato expulsos. Por que a Globo levou 8 horas para anunciar a expulsão?

No BBB 23, o vídeo do assédio de MC Guimê contra Dania, aconteceu por volta do meio de ontem, 16/03/2023 e só depois das 10 da noite, Tadeu Schmidt anunciou a expulsão de MC Guimê e de Cara de Sapato.

Porque tanta demora em tomar uma atitude que deveria ser imediata?

O assédio está descrito, em detalhes, num post que pode ser visto clicando aqui.

Dania teve oportunidade de falar sobre o assédio e botou “panos quentes”, procurando minimizar o que, de fato, foi grave. “Ele estava bêbado e eu não vi nenhuma má intenção” disse Dania sobre Cavalo.

A “chefe ” como Dania chamava a produtora do “La Casa de los Famosos”, orientou Dania a buscar ajuda quando “qualquer situação que te faça se sentir desconfortável como mulher, você me avise e eu tiro você imediatamente desta casa”.

MC e Sapato expulsos por assediar Dalia, convidada mexicana no BBB 23.
Vídeo mostra conversa de Dalia com produtora garantindo que pode sair qdo quiser (FOTO Rep,/TV Globo)

Ao falar sobre MC Guimê ter passado a mão em seu pandeiro, ela diz que não se lembra. A “chefe” então fala “você tirou as mãos dele muito rápido”. Dania respondeu então “que estava bêbada mas não era boba”.

No BBB 23, MC Guimê e Cara de Sapato são explusos por assediar Dalia, convidada mexicana
Dalia diz que estava bêbada mas não boba, quando tirou a mão de MC Guimê de seu pandeiro (FOTO Rep./TV Globo)

A “chefe” então a elogia “esta é a minha menina”. E complementa “quero saber se você se sente confortável e se quer fazer algo a este respeito”. Dania estão continua agindo de forma diplomática, atribuindo o que ocorreu ao excesso de bebida.

Segundo informação da CNN, foi só depois que a Delegacia de Atendimento à Mulher de Jacarepaguá ter aberto uma investigação por importunação sexual dentro da casa, foi que a Globo conseguiu tomar a decisão de expulsar os brothers MC Guimê e Cara de Sapato.

Os aspectos comerciais e o machismo da sociedade brasileira, devem ter sido os motivos que explicam a demora da emissora na tomada da decisão.

Cara de Sapato era um participante com quem o público mais simpatizava, e sua expulsão pode se traduzir numa diminuição de audiência e, portanto, de grana. Mas o machismo é o ponto principal para explicar a demora da expulsão.

Tanto Cara de Sapato quanto MC Guimê, estavam interessados em Dania e entraram numa disputa. As atitudes dos dois refletem a ideia da mulher como um objeto a ser consumido, um prêmio a ser conquistado.

A atitude da “chefe” foi muito clara, com se dissesse “quer que eu te tire do meio deste bando de bárbaros? É só falar comigo que você sai”. Que tristeza para o Brasil a repercussão internacional deste episódio.

Por que o machismo é encarado de forma diferente em diferentes países e regiões?

Na Europa e nos Estados Unidos, houve uma crescente conscientização e ativismo em torno do problema do assédio sexual nos últimos anos, com campanhas como o movimento #MeToo ganhando destaque em vários países. A legislação em torno do assédio sexual varia entre os países, mas muitos têm leis que tornam o assédio sexual um crime.

Nos Estados Unidos, o assédio sexual tem sido um problema de longa data e tem sido objeto de muita discussão e ativismo. A legislação em torno do assédio sexual é forte nos Estados Unidos, com a lei federal de assédio sexual de 1980 e outras leis estaduais e federais que criminalizam o assédio sexual.

Nos países latinos, o assédio sexual é amplamente reconhecido como um problema, mas a resposta varia. Em alguns países, como o México, houve um aumento na conscientização sobre o problema nos últimos anos, com movimentos como o #NiUnaMenos ganhando destaque. No entanto, a legislação em torno do assédio sexual nem sempre é forte e a cultura machista pode dificultar a denúncia e a punição dos agressores.

No Brasil, o assédio sexual é um problema grave e generalizado. A legislação em torno do assédio sexual é forte, mas a cultura machista e a falta de confiança nas autoridades podem dificultar a denúncia e a punição dos agressores. Houve um aumento na conscientização e ativismo em torno do problema do assédio sexual nos últimos anos, com movimentos como o #MeuPrimeiroAssedio ganhando destaque.

A bebida não muda a personalidade de uma pessoa, simplesmente libera as couraças permitindo que venham a tona desejos reprimidos.

Então quando Dania fala que estavam todos bêbados, inclusive ela própria, ela justifica o machismo.

Movimentos como o “#mexeu com uma mexeu com todas” surgem em todo lugar, com nomes variados, tais como: “#nao e nao entendeu?”, “#basta de assedio”, “#me too”, e outros, que são importantes para divulgação e conscientização.

Movimentos contra o assédio tem aumentado. #mexeucomumamexeucomtodas, #naoenaoentendeu, #basta de assedui, #metoo
Movimentos contra o assédio tem aumentado, #mexeucomumamexeucomtodas (FOTO Reprodução / elo7)

Veja vídeo de Tadeu Schmidt expulsando os dois brothers, clicando aqui.

Quer ver posts sobre o BBB 23? Clique aqui.

Compartilhe:

Você também vai gostar

Virginia é detonada por colocar dois seguranças, um dentro e um fora da escola da filha Maria Alice

Segurança dentro de colégio? Virginia é detonada por pais de alunos da escola de Maria Alice

Faustão fez um transplante de rim, bem sucedido, mas, nas redes sociais existe dúvida sobre ter furado fila

Faustão furou a fila do SUS? Internautas criticam rapidez em transplante de rim do apresentador

Rodriguinho chegando na TV Globo para participar do "Mais Você", depois da eliminação no BBB 24

Rodriguinho não saiu do BBB 24 porque pediu. Saiu porque foi arrogante durante o programa inteiro

Rolar para cima