Bruna Surfistinha fala da separação do marido, depois de um aborto.

Publicado em:

26/02/2023

Rachel Pacheco (Bruna Surfistinha) e Xico Santos se separam depois de duas gêmeas e um aborto
Rachel Pacheco (Bruna Surfistinha) e Xico Santos se separam depois de 2 gêmeas e 1 aborto(FOTO Rep./Instagram)

Casamento de Bruna Surfistinha e Xico

Há dois anos atrás. Bruna Surfistinha e Xico Santos anunciaram a gravidez das gêmeas.

Eles moravam juntos no Rio, e pretendiam se casar quando as meninas estivessem andando.

“A gente pensa em se casar num futuro breve. Agora o nosso foco é pensarmos nas meninas. Casamento está em segundo plano, lá para o ano que vem. Quero casar vestida de noiva e que elas levem as alianças, quando já estiverem andando. Então, vai ter que ser daqui a um ou dois anos”.

A vida intensa de Rachel, a “Bruna Surfistinha”, que foi prostituta e autora de livros, mudou.

“A gente se apaixonou e se entregou um para outro. Foi muito intenso, porque não faz nem um ano. Nos conhecemos em setembro, e em janeiro eu já fiquei sabendo da gravidez”.

Bruna Surfistinha e Xico viviam num conto do fadas e Xico era seu príncipe.

Com seis meses de gravidez, as gêmeas já tem nome: “Maria e Elis”.

“Ser mãe é o meu principal sonho de vida. Para mim, é como se fosse até mesmo uma missão”.

E Rachel fazia planos para o futuro: “Um outro sonho que eu pretendo realizar um dia é o de fazer a faculdade de Psicologia”.

As gêmeas chegaram, tudo parecia perfeito, mas nem tudo que é bom dura para sempre.

Bruna Surfistinha e Xico, gêmeas e uma gravidez indesejada

Em agosto do ano passado, Bruna Surfistinha e Xico descobriram uma nova gravidez, desta vez não planejada.

“Engravidei no ano passado, em julho, descobri em agosto e acabei perdendo, infelizmente. Foi um filho que não era desejado, foi um susto pra gente, a gente estava aceitando.”

A situação ficou difícil. Com duas crianças de colo, uma gravidez já seria muito difícil.

Então dá para imaginar o drama. Tinham duas bebes para cuidar, e uma nova gravidez que não fazia parte dos planos do casal.

O ambiente de paz e tranquilidade virou uma tormenta que deixou todos em desespero, e para piorar Bruna teve um aborto espontâneo.

“Infelizmente, acabei sofrendo um aborto em casa mesmo. E a partir disso, mudou muito. Não tive apoio nenhum depois do meu aborto. Não recebi um abraço, uma palavra de conforto por parte do Xico.”

Bruna Surfistinha e Xico, saíram do paraíso para o inferno, O príncipe virou ogra:

“Foram meus amigos que me acolheram naquele momento. Daí, percebi que, eu como mulher, não estava sendo ninguém ali”.

É cada vez mais raro ver casais fazendo bodas de prata (25 anos), bodas de ouro (50 anos) porque, para isso é necessário enxergar o outro, tanto ( ou mais) do que a si mesmo. Bruna e Xico não conseguiram.

Bruna consegue ver a si mesma e suas razões com clareza:

“Quando a gente é mãe, para resgatar o relacionamento, demora muito, e nem sempre o pai tem paciência. Nem sempre consegue enxergar a mulher que mudou. A gente muda, não continua sendo a mesma por quem ele se apaixonou lá no comecinho. A gente envelhece 10 mil anos numa gestação, fica mais chata, reclama mais, e tem esse direito”.

O marido Xico também não conseguiu ficar e enfrentar a situação. “Adeus também foi feita para se dizer. Bye, Bye”, e foi embora.

Lembrando de sua história, Bruna diz que tentou manter o relacionamento:

“Por mais de uma vez eu dei uma chance para o Chico. Tivemos algumas brigas e algumas questões que passaram pela minha cabeça terminar com ele, mas aí eu já era mãe… Por muito tempo, eu pensei muito nas meninas. Pensava: ‘eu vou tirar o pai das minhas filhas. Tudo que eu não queria era minha filhas crescendo sem o pai, porque eu senti muita falta do pai. Não queria que minha filhas crescessem sem o pai. Mas foi necessário e um dia eu espero que elas entendam.”

Não estão se falando, e Xico bloqueou Bruna:

“Quando ele saiu de casa, que ele estava com a mochila dele pronta, eu falei: você tem certeza, Xico? Vai deixar a gente aqui… e ele foi. A primeira coisa que passou pela minha cabeça foi: você não me ama, nunca me amou. Por todas as dificuldades que a gente passou, ele quis ir, me bloqueou”.

Numa separação existe sofrimento do casal que se separa, mas se existem filhos, a coisa fica mais difícil. Porque adultos conseguem pensar nos problemas e tirar conclusões lógicas, mas uma criança sofre sem entender porque está sofrendo. É muito triste.

Gêmeas Elis e Maria do casal Bruna e Xico, em viagem para São Paulo, fazendo bagunça no carro
Gêmeas Elis e Maria do casal Bruna e Xico, em viagem p/ São Paulo, fazendo bagunça (FOTO Rep./Instagram)

Aparentemente, o pai pegou a mochila e se mandou, enquanto Bruna ficou com as filhas. A responsabilidade é igual para os dois. Um casal pode se separar, mas filhos são para sempre.

Vamos esperar que o casal possa entender que as gêmeas são o mais importante neste instante. Bruna Surfistinha e Xico. Cada um pensar menos em si mesmo e mais nessas lindas menininhas.

Veja o podcast, PODSEXY, em que Bruna fala da separação pela 1ª vez, clicando aqui.

Veja mais sobre pais e filhos clicando aqui.

Compartilhe:

Você também vai gostar

Virginia é detonada por colocar dois seguranças, um dentro e um fora da escola da filha Maria Alice

Segurança dentro de colégio? Virginia é detonada por pais de alunos da escola de Maria Alice

Faustão fez um transplante de rim, bem sucedido, mas, nas redes sociais existe dúvida sobre ter furado fila

Faustão furou a fila do SUS? Internautas criticam rapidez em transplante de rim do apresentador

Rodriguinho chegando na TV Globo para participar do "Mais Você", depois da eliminação no BBB 24

Rodriguinho não saiu do BBB 24 porque pediu. Saiu porque foi arrogante durante o programa inteiro

Rolar para cima